Perda de cabelos: 9 Mitos que você precisa conhecer | Espaço Saúde Rio

Clínica de Dermatologia e Estética

(21) 2535.9077 | 3874.3134 | Rua Jardim Botânico, 600, sala 403/404, Jardim Botânico

Perda de cabelos: 9 Mitos que você precisa conhecer

QUEDA-DE-CABELOS

Perda de cabelos: 9 Mitos que você precisa conhecer


 QUEDA-DE-CABELOS

Perda de cabelos: 9 Mitos que você precisa conhecer

 

Como isso é assustador: Você lida com a perda de cabelos? Nós não estamos falando de exemplos de perda total e, sim, das formas mais sutis (e não menos traumáticas), como as que deixam apenas parte do couro cabeludo à mostra, o que acontece em cerca de 40 a 50% dos casos.

 

Mas, para realizar um tratamento eficaz, é preciso investigar a raiz do problema e fugir de mitos que prometem esclarecer as causas e correções para a perda de cabelos.

 

Por isso, conversamos com a Dra. Monica Linhares  para separar a realidade da ficção, de uma vez por todas.

 

Mito #1: Você perderá os cabelos caso o seu avô materno tenha passado pelo problema.

perda de cabelo

 

Verdade: Você não pode prever a perda de cabelos olhando sua árvore genealógica.

 

Como muitos traços, a perda de cabelos é poligênica, o que significa que seu destino é decidido por uma variedade (bastante aleatória) de genes de familiares imediatos e extensos.

 

Dito isto, se a perda de cabelos geralmente é identificada em sua família, você provavelmente também lidará com isso.

 

Mito #2: O Minoxidil é o único tratamento que funciona.

perda de cabelo

 

Verdade: O Minoxidil é uma droga aprovada para estimular o crescimento dos cabelos em adultos com fios finos. É o único tratamento tópico aprovado pela FDA (agência de saúde dos EUA) para a perda de cabelos em mulheres, mas não é a única solução no mercado.

 

Você pode tentar terapia de luz de baixo nível usando pentes e tampas especiais de alta tecnologia, como o Hairmax Professional 12 LaserComb, aprovado pela FDA.

 

Embora não esteja claro exatamente o que a luz de baixo nível desencadeia nos folículos pilosos disfuncionais, os cientistas sabem que funciona. Se for usado sozinho, os benefícios da terapia de luz serão modestos, na melhor das hipóteses. A única possível desvantagem é o preço.

 

Mito #3: a diminuição do volume do cabelo só acontece com a idade.

perda de cabelo

 

Verdade: Odiamos dizer isso, mas você nunca é muito jovem para começar a perder os cabelos. “Se você está geneticamente predisposto, pode atingir o início da adolescência”, diz Dra. Monica.

 

A boa notícia é que, se o seu rabo de cavalo não é tão completo quanto antes (perder 50-100 fios por dia é normal), não há necessariamente nenhum problema de saúde por trás disso.

 

Pode ser apenas uma característica nos seus genes. Mas fique atento: “O desbaste do cabelo é crônico e progressivo, então, quanto mais cedo você o trata, melhor”.

 

Mito #4: lavar o cabelo demais pode causar perda de volume.

perda de cabelo

 

Verdade: não há necessidade de temer o shampoo. “Você está apenas limpando o couro cabeludo e isso não afetará a raiz”. Quanto aos fios no chão do chuveiro, eles provavelmente chegaram ao fim de seu ciclo natural.

 

Então, a menos que você esteja quebrando os fios (escovando com os cabelos molhados, ou com pente), o processo de lavagem está apenas se livrando do material que já se soltou do couro cabeludo.

 

O Mito #5: Os tratamentos tópicos (diretamente na pele) podem fazer crescer cabelos na face, se você os usa de forma errada.

perda-de-cabelo-topico

 

Verdade: Se a concentração for muito forte e se você for propenso a ter cabelo na face notável, o minoxidil tópico pode causar o problema, independentemente de como você o usa.

 

A droga é absorvida sistemicamente, então, a única maneira de evitar esse efeito colateral embaraçoso é usar um produto com menor concentração de minoxidil.

 

Procure tratamentos com concentrações de 2% da droga, em vez de 5%.

 

Mito #6: O uso de anticoncepcional faz seu cabelo cair.

perda-de-cabelo-anticoncepcional


Verdade
: infelizmente, em parte, essa afirmação é verdadeira. Mulheres geneticamente propensas à perda de cabelos têm folículos mais sensíveis aos andrógenos, hormônios responsáveis ​​por traços masculinos e saúde reprodutiva.

 

Então, se o tipo de controle de natalidade que você está usando possui grande concentração de progesterona, um hormônio que facilmente se converte em andrógenos, ele pode desencadear a perda de cabelos.

 

Mas nem todos os contraceptivos têm a mesma composição química. Se você tem preocupações particulares com a perda  do cabelo, peça uma opção de anticoncepcional cuja progesterona  não tenham efeitos androgênicos potencialmente indesejáveis.

 

Mito #7: Os suplementos podem ajudar com o crescimento dos cabelos.


Verdade
: Embora certos suplementos de cabelos tenham um monte de apoio anedótico, não há nenhuma pesquisa convincente que sugira que qualquer pílula aumentará o crescimento.

 

Mas tomar algo para promover o bem-estar geral só pode ser uma coisa boa para a saúde do cabelo que você tem. “Normalmente, eu recomendo um multivitamínico diário e uma dose extra de vitamina D, se você evita o sol”.

 

Mito #8: Você pode culpar os hormônios pela perda de cabelos.

 

Verdade: Os hormônios raramente são a causa do aumento de cabelos nas mulheres.

 

Muitas mulheres têm níveis hormonais perfeitamente normais, mas seus folículos são geralmente mais suscetíveis a hormônios (particularmente andrógenos).

 

Se você tem folículos supersensíveis, mexer com seus níveis de hormônio normais não é o melhor caminho a seguir.

 

O ideal é falar com seu dermatologista sobre outros tratamentos, como a terapia de luz de baixa intensidade e o minoxidil, os quais a abordagem é mais inteligente.

 

Mito #9:  Estresse faz perder os cabelos.


Verdade
: O início súbito do estresse, conhecido como efluvio telógeno, pode fazer seus cabelos caírem, mas é preciso ter passado por um grande sofrimento psicológico.

 

“Se fosse causado pelo estresse cotidiano, todos seríamos carecas”, destaca. Então, felizmente, descontroles emocionais por algumas semanas não serão responsáveis pela ida a uma loja de perucas!

 

“A causa mais comum de efluvio telógeno é realmente o parto”, diz ela. Outras causas incluem doença prolongada, anestesia geral, febre alta e dieta de choque e pobre em proteína.

 

Se você passa por esse problema de QUEDA DE CABELO, este vídeo é para você!

 

Nesse vídeo eu vou lhe mostrar como é possível recuperar os fios e a beleza natural dos seus cabelos e se livrar de uma vez por todas do fantasma da calvície. Assista pelo link abaixo.

 


Informações do Autor

Monica Linhares

Sem comentários

Publicar comentário